sábado, 2 de dezembro de 2017

Beijo Temperado (A Voz)

Temperado
Um beijo acentuado

Plantado num Coração Deliciado
Sem chão, que sensação!...

Iluminado, por uma intuição,

Quente, para sempre
Para sempre, Presente

Pelos anos da Alma
Ofereço
Sem preço
Esta voz que te acalma



quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Num leito de Rosas (Frondosas)

Um banho
Curvilínea estonteante
De antanho
Rectilínea calmante

Deixa o céu desabar
Deixa-o colapsar
Perca a fronte
Retorne à Fonte

Primícias antigas
Carícias mais que amigas

Num leito de rosas
Frondosas



terça-feira, 28 de novembro de 2017

Artes Insones (Adivinhações)

Antes do sono, uma palavra a dizer:
Nada a temer
Em teu abono, de minha lavra:
O que não ficou por dizer

Lábios tresmalhados
Degustados
Mas sábios



quarta-feira, 22 de novembro de 2017

O Dia da Hora

Ontem foi véspera do dia que sempre se repete, mas que ainda não aconteceu

Hoje é o dia que se repete, independentemente de ainda não ter acontecido

Um dia, amanhã será a efeméride para o rescaldo da fúria depois de acontecida


Post Scriptum: para quem vê o que acontece antes de ter acontecido.



sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Memorando à Insensibilidade

De um colo quente
Que embevece
Quem esquece
É porque não sente



Post Scriptum: venha daí a Sensibilidade.



sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Estar Bem (Muito Bem)

Desatar os nós
A uma só voz
Estar bem
Mesmo bem…

O Sol a bronzear
O Mar a salgar

Áureos proventos
De vulgares Intentos

Juntos nos manteremos
Juntos prevaleceremos

Estar bem
Muito bem…



quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Encontrando Curas (Beijo no Escuro)

Um fruto maduro
Um beijo no escuro

Ousar
É desfrutar

Um banho quente
De tinta permanente

Fazemos o que queremos
Temos o que merecemos

Jogando às misturas
Encontramos curas

Um fruto maduro
Um beijo no escuro